Pesquisar este blog

SEJAM BEM VINDOS AO BLOG DO MARCILIO BOIÃO

COM DEUS NADA ME FALTARÁ

VOCÊ É MAIS UM VISITANTE A ESSE BLOG

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Política Candidatos Prefeitos impedidos de disputar a reeleição

Recorrendo da decisão de indeferimento, o candidato pode fazer a campanha até esgotar todos os recursos
Em todo o Ceará, 515 pessoas postulam o comando das 184 prefeituras no pleito de outubro próximo. No entanto, 22 desses prefeituráveis já estão com suas candidaturas indeferidas pelos juizes eleitorais dos respectivos municípios, dentre eles, quatro que tentam a reeleição. Outros 284 candidatos já estão aptos a disputar o voto do eleitorado, mas 208 ainda aguardam decisão da Justiça, que tem até domingo para deferir ou indeferir os pedidos de registro, segundo o Calendário Eleitoral.


Deputado Perboyre Girão foi um dos que tiveram o pedido de registro de candidatura a prefeito indeferido pelo juiz da Zona Eleitoral FOTO: MARÍLIA CAMELO

Somente a candidata Regina Alves de Castro (DEM), no Trairi, renunciou de sua candidatura, segundo o portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que mostra apenas as candidaturas indeferidas, deferidas, renunciadas e aguardando decisão, porém, não esclarece os motivos de tais indeferimentos, o que só pode ser visto no Diário de Justiça Eletrônica do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Em 45 municípios do Estado, cerca de 208 candidatos ainda aguardam a sentença dos juizes eleitorais. Até o fechamento desta edição, cerca 284 candidatos estavam aptos a disputar a eleição majoritária.

Até o momento 22 pedidos de registro de candidaturas foram indeferidos em 19 municípios do Ceará, pelos juizes eleitorais das zonas eleitorais que estão trabalhando no período pré-eleição em todo o Estado. Os municípios que tiveram, pelo menos um indeferimento foram: Aracoiaba, Aratuba, Brejo Santo, Carnaubal, Caucaia, Fortim, Graça, Groairas, Guaramiranga, Martinópole, Mucambo, Mulungu, Nova Russas, Pacajus, Saboeiro, Santana do Acaraú, Sobral, Trairi e Fortaleza.

Outros
Em Aracoiaba foram indeferidas as candidaturas de Francisco Ari Ribeiro (PMDB) e de Maria Cleyde da Silva (PTB); em Aratuba está inapto para o pleito, o candidato do PSB, Wolner Santos e em Brejo Santo, Samuel Marcos de Araújo (PR). Em Carnaubal, Antônio Correia Araújo (PPS) está impossibilitando de concorrer, de acordo com sentença do juiz, assim como Amarílio Melo (PRTB) em Caucaia, e Raimunda Ribeiro dos Santos (PMDB) em Fortim.

Francisco das Chagas Alves, do PCdoB, está com candidatura indeferida no Município de Graça, e em Groairas, o petebista José Almir, que é atual prefeito daquele Município e tenta reeleição. Francisco Farias Neto (PP) está inapto para o pleito no Município de Guaramiranga, e em Martinópole, foi indeferida a candidatura de Francisco José Lopes, do PSD. No Mucambo, o candidato do PSDB, Wilebaudo Melo Aguiar, também está impossibilitado de concorrer, desde que não entre com recurso da decisão da Justiça Eleitoral. No Mulungu, o prefeiturável Mansueto (PSD) também teve registro indeferido e em Nova Russas, Marcos Alberto (PSC) também está inapto para a disputa. Em Morada Nova, Glauber Castro (PMDB), que também tenta reeleição se encontra com registro indeferido.

Auri Araripe, do PR, teve candidatura indeferida em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza, assim como o suplente de deputado estadual, Perboyre Diógenes em Saboeiro. Em Santana do Acaraú, o candidato Roberto Carlos Farias (PSD), o "Betinho" também teve sua postulação desaprovada, assim com também o candidato pelo PV em Sobral, Francisco Alves Guimarães.

Em Trairi foram dois pedidos de candidaturas indeferidos, o do candidato pelo PT, Francisco Jerônimo do Nascimento, e Francisco Magno Magalhães, do PPS. Foi lá também que a professora Regina Alves, do DEM, resolveu renunciar de sua postulação. Na Capital, somente o candidato do PRTB, Valdeci Cunha, teve seu pedido de registro de candidatura indeferido, devida a falta de prestação de contas de sua candidatura em 2010.

Impugnações

Em Fortaleza, a comissão interventora do Partido Trabalhista Cristão (PTC), em Fortaleza, recorreu da decisão do juiz da 114ª zona, Mário Parente Teófilo Neto, que indeferiu o Documento de Regularidade dos Atos Partidários (DRAP) do partido para a eleição proporcional e, por consequência, todos os pedidos de registro de candidatos a vereador apresentados pela comissão interventora.

Por causa dessa decisão alguns candidatos passaram a figurar na relação de inaptos (indeferidos) divulgada pelo TSE. Como existem candidatos que figuravam nas duas relações de pedidos de registro, no sistema de divulgação de candidatura o nome aparece duas vezes em situações diferentes, uma delas na condição de apto (deferido) e a outra como inapto (indeferido).

REGISTROS

515
Candidatos pediram registro à Justiça Eleitoral para participarem da disputa pelas 184 prefeituras do Estado do Ceará, no pleito de 7 de outubro deste ano

22 Foi o total indeferido pelos juízes eleitorais, dentre os quais estão incluídos até atuais prefeitos que estão querendo ser reeleitos para governarem mais quatro anos

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço deve ser usado de forma consciente e respeitosa. Críticas, sugestões e opiniões são moderados pela administração do site. Comentários ofensivos, com expressões de baixo calão, ou manifestações de cunho político e/ou eleitoral, não serão aceitos.

Comentar

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.