Pesquisar este blog

Carregando...

SEJAM BEM VINDOS AO BLOG DO MARCILIO BOIÃO

COM DEUS NADA ME FALTARÁ

VOCÊ É MAIS UM VISITANTE A ESSE BLOG

Sejam bem vindas

sábado, 12 de julho de 2014

PAULO GUERRA APRESENTA SEU CANDIDATO FEDERAL

Na manha deste sábado o candidato a Deputado Estadual Paulo Guerra 12012 apresentou aos amigos apoiadores o seu candidato a Deputado Federal trata-se do jovem empresario  Moses com o numero 2323. Paulo Guerra firmou o compromisso com esse jovem.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

PROS do Ceará terá 31 candidatos nas Eleições 2014

O Partido Republicano da Ordem Social (PROS) do Ceará oficializou os nomes que vão concorrer a vagas ao Governo do Estado, Senado Federal, Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa nas Eleições de 2014. Ao todo, 31 candidatos vão representar o partido na disputa pelos cargos de vice-governadora, senador, deputado federal e deputado estadual.
Na coligação majoritária “Para o Ceará Seguir Mudando”, em apoio a candidatura de Camilo Santana (PT) ao Governo do Estado, o PROS lançou a ex-Secretária da Educação Izolda Cela para a vaga de vice-governadora e o deputado estadual Mauro Filho para a disputa ao Senado.
Os partidos que formam a coligação nas eleições majoritárias são: Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Comunista do Brasil (PC do B), Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido Ecológico Nacional (PEN), Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Partido da Mobilização Nacional (PMN), Partido Progressista (PP), Partido Pátria Livre (PPL), Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Trabalhista Cristão (PTC), Partido Trabalhista do Brasil (PT do B), Partido Verde (PV), Partido Social Democrático (PSD), Partido Social Liberal (PSL) e Partido Republicano Brasileiro (PRB) e Solidariedade (SD).
Deputados estaduais
Os 20 nomes que vão representar o PROS para Deputado Estadual são: Antônio Granja, Cel. Bezerra, Edísio Pacheco, Eduardo Bismarck, Eliane Brasileiro, Hermínio Resende, Ivo Gomes, Jeová Mota, Dr. João Batista, Laís Nunes, Larissa Gaspar, Manoel Duca, Mirian Sobreira, Odilon Aguiar, Robério Monteiro, Dr.Sarto, Sérgio Aguiar, Sineval Roque, Welington Landim e Zezinho Albuquerque.
Os partidos que formam a coligação para eleição proporcional de Deputado Estadual são: Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Partido dos Trabalhadores (PT), Solidariedade (SD), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Social Democrático (PSD), Partido Social Liberal (PSL), Partido Republicano Brasileiro (PRB), Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e Partido Verde (PV).
Deputados federais
Já os nove nomes que vão disputar nas urnas o cargo de Deputado Federal pelo PROS são: Antônio Balhmann, Ariosto Holanda, Domingos Neto, Edson Silva, Prof. Laudecy, Leônidas Cristino, Neném de Ipueiras, Rita Gomes e Vicente Arruda.
Os partidos que formam a coligação para eleição proporcional de Deputado Federal são: Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Partido dos Trabalhadores (PT), Solidariedade (SD), Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido Comunista do Brasil (PC do B), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Social Democrático (PSD), Partido Social Liberal (PSL), Partido Republicano Brasileiro (PRB), Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e Partido Progressista (PP).
Roberto Moreiara

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Pros Ceará realiza convenção estadual no dia 29 de junho

Convenção do Pros Ceará acontece no Ginásio da Faculdade Ari de Sá, em Fortaleza
O Partido Republicano do Ordem Social (PROS) no Ceará realiza no domingo, dia 29 de Junho, a convenção estadual da sigla. A convocação feita pelo presidente estadual do partido, Danilo Serpa, chamando para o Congresso Estadual Extraordinário (que corresponde à convenção), tem o objetivo de discutir e deliberar sobre a coligação partidária, com vistas ao pleito eleitoral de 2014 no Ceará, nas eleições majoritárias e proporcionais; sobre a escolha de candidatos e candidatas aos cargos majoritários e proporcionais nas eleições gerais de 2014; e ainda sobre outros assuntos de interesse dos filiados.

O Congresso Estadual Extraordinário do PROS/CE acontece a partir das 9 horas, no Ginásio da Faculdade Ari de Sá, em Fortaleza.
Já a 1a. Convenção Nacional do PROS acontece no dia 24 de junho, próxima terça-feira, a partir das 14h, no Auditório Petrônio Portela do Senado Federal, em Brasília. O encontro deve confirmar o apoio à candidatura para reeleição da presidente Dilma Rousseff e reunir pela primeira vez os filiados do partido em todo o país.
SERVIÇO:
Congresso Estadual Extraordinário do PROS/CE (correspondente a Convenção Estadual)
DATA: 29/06/2014 (domingo)
HORÁRIO: 9h
LOCAL: Ginásio da Faculdade Ari de Sá, na Av. Heráclito Graça, 826 – Centro, em Fortaleza/CE

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

CONVENÇÃO ESTADUAL DO PARTIDO REPUBLICANO DA ORDEM SOCIAL – PROS /CE

O Presidente Estadual do Partido Republicano da Ordem Social do Ceará– PROS/CE, no uso de suas atribuições e prerrogativas estatutárias, CONVOCA, com fulcro no §3º do art. 12 do Estatuto Partidário,todo(a)s os filiado(a)s a participarem do Congresso Estadual Extraordinário do PROS/CE (correspondente a Convenção Estadual), a partir das 09 (nove) horas do dia 29 de junho de 2014 (Domingo), no Ginásio daFaculdade Ari de Sá, na Av. Heráclito Graça, 826 – Centro, em Fortaleza/CE, para discutir e deliberar sobre o seguinte temário:
  1. Deliberar sobre coligação partidária, com vistas ao pleito eleitoral de 2014 no Ceará, nas eleições majoritárias e proporcionais.
  2. Escolha de candidatos e candidatas aos cargos majoritários e proporcionais nas eleições gerais de 2014.
  3. Outros assuntos de interesse do partido.
Fortaleza (CE), 16 de junho de 2014.
Danilo Gurgel Serpa
Presidente Estadual do PROS /CE

Caucaia terá concurso para professor, fiscal de obras, médico e auxiliar e técnico de enfermagem

De acordo com a Prefeitura de Caucaia, será realizado concurso público, ainda este ano, para os cargos de professor, fiscal de obras, médico e auxiliar e técnico de enfermagem. A informação foi dada durante a última negociação salarial, com a presença do Prefeito Washington Gois e secretários, ocorrida no dia 9 de junho.
Segundo Washington Gois, existe a possibilidade ainda de serem abertas novas vagas, abrangendo, inclusive, outras categorias. “Nós entendemos ser o concurso a forma mais aperfeiçoada de criação de postos de trabalho no município, assim como é mais barato para a cidade um servidor de carreira, do que um contrato ou um terceirizado”, explicou o Prefeito.
A diretoria do Sindsep Caucaia cobrou a definição de data. O compromisso da entidade é acompanhar o processo e averiguar todos os procedimentos. “Torcemos por mais vagas e por um concurso que amplie a participação dos servidores de carreira na oferta de serviços na cidade”, finalizou Catarina Lima, presidenta do Sindsep.

Fonte:http://www.sindsep.com.br/

terça-feira, 24 de junho de 2014

Ceará 205 podem ficar inelegíveis por contas irregulares, aponta TCU

Tribunal analisou prestação de contas de administradores públicos.
TSE usará como base a lista do TCU para decidir sobre inelegibilidade.

O Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou nesta terça-feira (24) que 6.603 administradores públicos tiveram contas julgadas irregulares nos últimos oito anos e podem se tornar inelegíveis em 2014. A análise se refere a prestação de contas de ministros, governadores, prefeitos, secretários estaduais e municipais, diretores de autarquias e servidores públicos. O presidente do TCU, ministro Augusto Nardes, entregou uma lista com esses nomes ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Antônio Dias Toffoli.

Após concluir a lista, o TCU encaminha os nomes à Justiça Eleitoral. O levantamento servirá como subsídio para a Justiça Eleitoral verificar se um candidato pode ou não ser considerado inelegível nas eleições de outubro. A análise será feita caso a caso, com base em critérios do TSE.
Para elaborar a lista, o TCU analisa como são gastos os recursos da União que são repassados a estados e municípios pelo Fundo de Participação dos Municípios ou por convênios federais. Os tribunais de contas das unidades federativas são responsáveis por analisar os recursos que não são da União.
A lista tem integrantes da administração pública federal, lista que estabelece uma informação que é somente da União. No momento em que entregamos esta lista, ela serve de base para impedimentos de emissões de certificados”, explicou o ministro do TCU, Augusto Nardes. A lista está disponível para consulta no site do Tribunal de Contas da União. Veja aqui. Além de poder se tornar inelegível, o agente público ainda é multado pelo TCU. A multa pode chegar a até R$ 50 mil.

Pros decide manter apoio a Dilma; legenda renderá 35 segundos de TV

Pedro França/Futura Press/Estadão Conteúdo
Pedro França/Futura Press/Estadão Conteúdo
O Pros, partido da base aliada ao governo, decidiu nesta terça-feira (24), em convenção nacional, apoiar a candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) em outubro. O evento, realizado em Brasília, contou com a presença da presidente.
O partido aprovou, com 94,5% dos votos, o apoio a Dilma como candidata e Michel Temer (PMDB) como vice.
Com o apoio do Pros, Dilma garante 35 segundos a mais de tempo de TV e rádio para a propaganda eleitoral.
O partido foi criado em setembro do ano passado.
O ex-ministro Ciro Gomes, um dos principais representantes do partido, ao lado de seu irmão Cid, foi cotado para assumir uma pasta na última reforma ministerial, concluída pela presidente em março. Por pressão do PMDB, nenhum ministério chegou às mãos da sigla, mas o apoio à reeleição de Dilma se manteve.
Antes, os irmãos Gomes eram ligados a Campos, mas quando o PSB rompeu com o governo Dilma e decidiu lançar Eduardo Campos ao Palácio do Planalto, eles deixaram a legenda e se filiaram ao novato Pros.
“O melhor para o Brasil é que vossa excelência nos lidere. Nós votamos praticamente por unanimidade. Hoje me expresso na confiança de que nós achamos que o Brasil nas suas mãos será capaz de conhecer uma nova fase de mudanças”, declarou Ciro ao expor seu apoio à presidente.
Mais cedo durante a convenção, Ciro também afirmou ter “nojo” e “pavor” do discurso “simpatiquinho, mas mentiroso” de Marina Silva, candidata a vice na chapa de Campos, informou o jornal “Folha de S.Paulo”.
“Tenho pavor de ver a superficialidade irresponsável com que a Marina trata todos os assuntos do Brasil”, discursou Ciro. “Diante de uma admiração de importante pedaço da sociedade brasileira, os artistas, os intelectuais, a Marina desconsidera que o agronegócio brasileiro paga a conta do nosso país. Tenho nojo desse tipo de discurso, que é ‘simpatiquinho’, mas é mentira”, completou.
Defensora da área ambiental, Marina é vista por setores do agronegócio como adversária de seus interesses.
Uol

Polícias Civil, Militar e Científica terão novo plano de valorização de carreira

Projeto de Lei, que inclui reajustes salariais e aperfeiçoamento de carreiras, deverá passar a valer a partir do dia 1º de agosto
Foram anunciados nesta terça-feira, 24, novas medidas e um plano de valorização de carreira para as polícias Civil, Militar, Técnico Científica e funcionários da Administração Penitenciária. As medidas, que incluem reajustes salariais e aperfeiçoamento destas carreiras, serão enviadas para apreciação da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira, 24, e devem passar a valer a partir do dia 1º de agosto.
"Esse foi um esforço muito grande feito, porque a arrecadação este ano é baixa, em razão do baixo crescimento da economia. Um dos pilares da política de Segurança Pública é a valorização da carreira policial. Nós tivemos, em média, 30% de ganho real, além da inflação, nesse nosso período de governo. Um grande estímulo a carreira policial", disse o governador Geraldo Alckmin.

O reajuste para a Polícia Militar será de 8%, abrangendo policiais ativos, inativos e pensionistas. Outra medida importante para a categoria é o reajuste do teto do auxílio alimentação, para que os mais de 16 mil policiais militares que receberão o reajuste, não sejam prejudicados. O custo anual estimado dessas duas medidas deve ser de R$ 800 milhões.

O Projeto de Lei (PL) também institui o Corpo de Voluntários de Policiais Militares Inativos. Ele permitirá a contratação de policiais militares inativos para trabalhar em funções administrativas. A contratação é temporária, com prazo determinado e deve liberar até 8% do efetivo Militar para policiamento na rua. Uma outra medida também permitirá estudos para viabilidade da aposentadoria de policiais femininas aos 25 anos de trabalho.

Polícia Civil

Foram apresentadas ainda medidas para reajustes salariais de carreiras da Polícia Civil. Os investigadores e escrivães, que no ano passado tiveram reajuste de 7% e nesse ano de 3,7%, decorrente do reajuste do nível universitário, receberão 6% de aumento. No próximo ano, serão mais 3,6% para complementar o nível universitário. Somados, os reajustes representam um custo estimado de R$ 174,3 milhões por ano. O reajuste para as carreiras da Administração Penitenciária também será de 6% e terá um custo estimado de R$ 91,6 milhões por ano.

Já os Delegados de Polícia, que tiveram 7% de reajuste em 2013 e em janeiro desse ano já receberam 9,8%, receberão em 2015, 15,2% de aumento, decorrentes do adicional de Polícia Judiciária, bonificação incorporada recentemente aos salários dos delegados. A extensão deste adicional para Delegados Aposentados terá um custo anual estimado de R$ 102,6 milhões.

O PL propõe também alterações nas exigências de concurso para as carreiras da Polícia Civil, entre elas a Polícia Técnico Científica, ampliando a lista de quem pode concorrer a essas promoções, além de medidas para aperfeiçoamento da autonomia da Polícia Técnico Científica.

Do Portal Governo do Estado

Cid monta três coligações com 24 partidos para eleger até 17 deputados federais

Otimismo esbarra nas contas da oposição ao Abolição que aposta que irá emplacar uma bancada com 7 dos 22 parlamentares.

Com uma base extensa composta com 24 partidos, o governador Cid Gomes pretende na próxima quarta-feira (25)  resolver todas as pendências e finalmente anunciar as três coligações que pretende fechar para eleger até uma bancada com 17 deputados federais. 

Esse número é contestado pela oposição que acredita ser capaz de eleger com certeza 6 deputados federais, podendo chegar a 8. Existem indefinições dos próprios partidos, mas caminha para a seguinte composição a base do governador Cid. A maior coligação com a expectativa de eleger 13 deputados federais é composta por oito legendas: PROS, PT, PHS, PTB, PDT, PSL, Solidariedade e PCdoB.

A segunda coligação unirá os pequenos partidos e é formado por 11 siglas: PTC, PEN, PSDC, PTN, PV, PSC, PTdoB, PRTB, PMN, PPL e PRP que faria um deputado federal. E a última coligação é integrada por cinco partidos numa estrambótica composição que une o conservadorismo do DEM ao antigo partido comunista PPS: DEM, PPS, PP, PRB e PSD. Esse bloco elegeria na avaliação do Abolição 3 deputados federais.
A oposição discorda frontalmente dessas contas. Sustenta que a união do PMDB-PR e PSDB elege diretamente 6 deputados federais. E há chances desse bloco atrair ainda o DEM aumentando para sete a bancada, e e reduzindo ainda mais o número de eleitos da base do governador Cid, pois há um sentimento que o PSOL conseguirá eleger pela primeira vez um deputado federal: Renato Roseno, que aparece bem cotado.
Mesmo considerando os números do Abolição – uma bancada com 17 eleitos – o governador Cid terá muitos conflitos a administrar durante a campanha eleitoral. São 39 fortíssimos candidatos, e nenhum deles será eleito com menos de 100 mil votos, em qualquer uma das três coligações.
Primeira coligação: 20 candidatos de primeiro time:
PROS - Domingos Neto, Ariosto Holanda, Edson Silva, Nenen do Cazuza, Vicente Arruda, Leônidas Cristino e Antonio Balhmann
PT – Luizianne Lins, Odorico Monteiro, Dedé Teixeira, Camilo Santana, Zé Airton, Eudes Xavier e Acrísio Sena
PCdoB – Chico Lopes e João Ananias
PDT – André Figueredo
PTB- José Arnon
Solidariedade – Genecias Noronha
PHS – Adail Carneiro
PSL - Macedão
Segunda coligação: 11 candidatos do primeiro time
PSC – Welington Saboia
PTdoB – Paulo Facó e Leonelzinho Alencar
PPL – André Ramos
PMN – Reginaldo Moreira
PTN – Alípio Rodrigues, vereador Américo de Caucaia e Vereador Ribamar de Maracanaú
PTC – Chico Pontes
PSDC – Vereador Vaidon
PRP - Dute
Terceira coligação: 08 candidatos do primeiro time
PP – Padre Zé Linhares, Paulo Henrique Lustosa e Eugenio Rabelo
PSD – Almircir Pinto e Samuel Salviano
DEM  - Moroni Torgan
PRB – Pastor Ronaldo Martins
PPS – Moses Rodrigues
Oposição
PMDB – PR – PSDB
PMDB – Vitor Valin, Aníbal Gomes, Danilo Forte, Mauro Benevides, Mauro Macedo, Mario Feitosa
PR – Gorete Pereira
PSDB – Raimundo Matos e Tomaz Figueredo Filho
Com Cearanews7...

Entre nas redes sociais aqui