Pesquisar este blog

SEJAM BEM VINDOS AO BLOG DO MARCILIO BOIÃO

COM DEUS NADA ME FALTARÁ

VOCÊ É MAIS UM VISITANTE A ESSE BLOG

terça-feira, 2 de julho de 2013

DEPUTADO FEDERAL DANILO FORTE COBRA EXPLORAÇÃO DA MINA DE ITATAIA


O pedido de licenciamento ambiental para exploração da Mina de Itataia deve ser encaminhado ao Ibama na  segunda quinzena de agosto. A informação foi transmitida pelo Presidente da INB, Professor Aquilino Senra, ao deputado Danilo Forte em audiência no Rio de Janeiro, no último dia primeiro.  Segundo o parlamentar, para encaminhar o pedido de licença ambiental a INB está ultimando os relatórios: o  de segurança ambiental que será apresentado à CNEN – Comissão Nacional de Energia Nuclear; a definição de rota tecnológica, que é a separação dos elementos urânio, fosfato e calcário e o estudo sobre as cavernas de alta relevância encontradas na área da mina. A expectativa do presidente da INB é obter a licença ambiental até março de 2014.
Após mais de trinta anos de descoberta, foi formado em 2008 o consórcio Santa Quitéria para a produção conjunta do fosfato e do minério de urânio da Jazida, localizada entre os municípios de Santa Quitéria, Itatira e Madalena. A exploração do fosfato será feita pela empresa Galvani, de São Paulo, e exploração e produção do urânio a cargo da empresa estatal Indústrias Nucleares do Brasil (INB). Em 2009, O Ministério Público e o Ibama conseguiram a suspensão da licença anteriormente concedida pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente(Semace). É a celeridade no processo de licenciamento ambiental do empreendimento que o deputado Danilo Forte tem cobrado com insistência das autoridades federais para que a mina possa ser explorada "temos uma cadeia econômica para ser desenvolvida em uma das regiões mais carentes e mais pobres do estado do Ceará", justifica.

Assessoria de Imprensa  e Blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço deve ser usado de forma consciente e respeitosa. Críticas, sugestões e opiniões são moderados pela administração do site. Comentários ofensivos, com expressões de baixo calão, ou manifestações de cunho político e/ou eleitoral, não serão aceitos.

Comentar

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.