Pesquisar este blog

SEJAM BEM VINDOS AO BLOG DO MARCILIO BOIÃO

COM DEUS NADA ME FALTARÁ

VOCÊ É MAIS UM VISITANTE A ESSE BLOG

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Grupo é preso suspeito de vender moradias do Minha Casa Minha Vida em Caucaia

Um homem foi preso e dois adolescentes apreendidos em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, no fim da manhã desta terça-feira (28) por policiais do Ronda do Quarteirão. O grupo é suspeito de vender ilegalmente moradias do programa Minha Casa Minha Vida.
De acordo com a polícia, na última semana populares invadiram apartamentos que estavam sendo construídos pelo Governo Federal. Após o ocorrido, a polícia recebeu uma denúncia de que uma mulher, que seria traficante na área, estaria vendendo as residências.
Prisão
Ao chegarem no local, a polícia localizou um veículo Siena de cor prata que empreendeu em fuga ao perceber a aproximação de uma viatura do Ronda do Quarteirão, nas proximidades do cruzamento da avenida Dom Almeida Lustosa com Idealista.
A viatura policial então perseguiu o veículo, até conseguir interceptá-lo. No interior do carro estavam os dois homens, portando um revólver calibre 38.
A polícia acredita que o grupo tentou livrar-se da arma durante a fuga e que deve existir ainda mais material bélico nos arredores da ocorrência.
Segundo a polícia, os suspeitos seriam comparsas da mulher, ainda não identificada, e estariam vendendo os apartamentos aos moradores que ocupavam de forma irregular o local.
O homem e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia da cidade. Os dois adolescente foram levados para a Delegacia da Criança e do Adolescente (CDA).
A polícia ainda não tem pistas da mulher envolvida no caso.
Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço deve ser usado de forma consciente e respeitosa. Críticas, sugestões e opiniões são moderados pela administração do site. Comentários ofensivos, com expressões de baixo calão, ou manifestações de cunho político e/ou eleitoral, não serão aceitos.

Comentar

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.