Pesquisar este blog

SEJAM BEM VINDOS AO BLOG DO MARCILIO BOIÃO

COM DEUS NADA ME FALTARÁ

VOCÊ É MAIS UM VISITANTE A ESSE BLOG

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Termo para viabilização de laminadora no Estado é assinado

Laminadora deverá contar com a produção total em torno de 700 mil toneladas de lâminas de aço por ano na primeira etapa

A sul-coreana Posco, uma das sócias da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), assinou nesta terça-feira (12), junto ao Governo do Estado e representantes do Grupo Aço Cearense, oMemorando de Entendimento, que estabelece a intenção de desenvolver o estudo de viabilidade técnica e econômica para a instalação de uma laminadora de aços planos no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).  O investimento total para a construção da primeira fase corresponde a US$ 800 milhões.
Quando se tornar realidade, em sua primeira etapa, a laminadora deverá contar com a produção total em torno de 700 mil toneladas de lâminas de aço por ano. Já em sua segunda etapa, o total poderá chegará a 1 milhão de toneladas por ano.
Com a concretização do projeto, o Ceará irá sediar a terceira siderúgica em seu território. O estudo de viabilidade que irá definir os cronogramas e prazos para a execução do projeto está previsto para ser finalizado no final do primeiro semestre de 2014.
3 milhões de toneladas de aço por ano 
 
A Posco (ex-Pohang Iron and Steel Company) é uma multinacional de aço com sede na Coreia do Sul. Em 2011, teve uma produção de 39,1 milhões de toneladas de aço bruto, tornando-se a quarta maior siderúrgica do mundo por esta medida. 

A empresa é, ao lado da também coreana Dongkuk e da brasileira Vale, uma das sócias da Companhia Sidrúrgica do Pecém (CSP), que está se instalando com Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp). A CSP terá capacidade de produzir 3 milhões de toneladas de aço por ano na primeira fase e chegar a 6 milhões de toneladas quando funcionar plenamente.
Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço deve ser usado de forma consciente e respeitosa. Críticas, sugestões e opiniões são moderados pela administração do site. Comentários ofensivos, com expressões de baixo calão, ou manifestações de cunho político e/ou eleitoral, não serão aceitos.

Comentar

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.