Pesquisar este blog

SEJAM BEM VINDOS AO BLOG DO MARCILIO BOIÃO

COM DEUS NADA ME FALTARÁ

VOCÊ É MAIS UM VISITANTE A ESSE BLOG

terça-feira, 24 de junho de 2014

Cid monta três coligações com 24 partidos para eleger até 17 deputados federais

Otimismo esbarra nas contas da oposição ao Abolição que aposta que irá emplacar uma bancada com 7 dos 22 parlamentares.

Com uma base extensa composta com 24 partidos, o governador Cid Gomes pretende na próxima quarta-feira (25)  resolver todas as pendências e finalmente anunciar as três coligações que pretende fechar para eleger até uma bancada com 17 deputados federais. 

Esse número é contestado pela oposição que acredita ser capaz de eleger com certeza 6 deputados federais, podendo chegar a 8. Existem indefinições dos próprios partidos, mas caminha para a seguinte composição a base do governador Cid. A maior coligação com a expectativa de eleger 13 deputados federais é composta por oito legendas: PROS, PT, PHS, PTB, PDT, PSL, Solidariedade e PCdoB.

A segunda coligação unirá os pequenos partidos e é formado por 11 siglas: PTC, PEN, PSDC, PTN, PV, PSC, PTdoB, PRTB, PMN, PPL e PRP que faria um deputado federal. E a última coligação é integrada por cinco partidos numa estrambótica composição que une o conservadorismo do DEM ao antigo partido comunista PPS: DEM, PPS, PP, PRB e PSD. Esse bloco elegeria na avaliação do Abolição 3 deputados federais.
A oposição discorda frontalmente dessas contas. Sustenta que a união do PMDB-PR e PSDB elege diretamente 6 deputados federais. E há chances desse bloco atrair ainda o DEM aumentando para sete a bancada, e e reduzindo ainda mais o número de eleitos da base do governador Cid, pois há um sentimento que o PSOL conseguirá eleger pela primeira vez um deputado federal: Renato Roseno, que aparece bem cotado.
Mesmo considerando os números do Abolição – uma bancada com 17 eleitos – o governador Cid terá muitos conflitos a administrar durante a campanha eleitoral. São 39 fortíssimos candidatos, e nenhum deles será eleito com menos de 100 mil votos, em qualquer uma das três coligações.
Primeira coligação: 20 candidatos de primeiro time:
PROS - Domingos Neto, Ariosto Holanda, Edson Silva, Nenen do Cazuza, Vicente Arruda, Leônidas Cristino e Antonio Balhmann
PT – Luizianne Lins, Odorico Monteiro, Dedé Teixeira, Camilo Santana, Zé Airton, Eudes Xavier e Acrísio Sena
PCdoB – Chico Lopes e João Ananias
PDT – André Figueredo
PTB- José Arnon
Solidariedade – Genecias Noronha
PHS – Adail Carneiro
PSL - Macedão
Segunda coligação: 11 candidatos do primeiro time
PSC – Welington Saboia
PTdoB – Paulo Facó e Leonelzinho Alencar
PPL – André Ramos
PMN – Reginaldo Moreira
PTN – Alípio Rodrigues, vereador Américo de Caucaia e Vereador Ribamar de Maracanaú
PTC – Chico Pontes
PSDC – Vereador Vaidon
PRP - Dute
Terceira coligação: 08 candidatos do primeiro time
PP – Padre Zé Linhares, Paulo Henrique Lustosa e Eugenio Rabelo
PSD – Almircir Pinto e Samuel Salviano
DEM  - Moroni Torgan
PRB – Pastor Ronaldo Martins
PPS – Moses Rodrigues
Oposição
PMDB – PR – PSDB
PMDB – Vitor Valin, Aníbal Gomes, Danilo Forte, Mauro Benevides, Mauro Macedo, Mario Feitosa
PR – Gorete Pereira
PSDB – Raimundo Matos e Tomaz Figueredo Filho
Com Cearanews7...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço deve ser usado de forma consciente e respeitosa. Críticas, sugestões e opiniões são moderados pela administração do site. Comentários ofensivos, com expressões de baixo calão, ou manifestações de cunho político e/ou eleitoral, não serão aceitos.

Comentar

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.